O charme de um olhar

O charme de um olhar,
entre tantos olhares,
dentro do vagão.

Você se destaca,
seu jeito sereno,
desperta minha atenção.

Só posso escrever,
só posso reter você
em palavras,
numa cena,
num metrô.

 

Anúncios

Não me negue seu coração

Não me negue seu coração,
deixe-me viver nele.
Mesmo que oculto,
escondidos entre versos,
gestos e olhares,
não me negue seu coração,
deixe-me viver nele,
a cultivar o que sinto por você,
a alimentar o carinho
que tanto desejas,
a alimentar o seu coração
com versos, poemas, poesias,
a alimentar você,
a alimentar a mim,
a deixar viver a esperança.
Não me negue seu coração,
deixe-me viver nele.
Não me negue.
Não me negue.
Não me negue.

 

Mulher

Compreendê-la, para quê?
É no mistério que há em seu jeito
que está grande parte de sua beleza.
Nas manias que não aceitamos,
nas palavras que (não) ouvimos,
aí está a essência que nos fascina,
nos faz suspirar e deixa-nos bobos qual meninos.

Mulher, um dia apenas?
Não, todos eles!
Mulher, apenas um instante?
Não, todos os momentos!
Cada instante é a ti que nós, homens,
dedicamos nosso jeito estranho de ser.

Mulher:
nossa gratidão,
nossa devoção,
nossos sonhos,
nossos desejos,
nossos dias.

 

Segundo

Não segundo minha vontade,
tão pouco segundo o meu querer,
sou assim, segundo.

Segundo consta,
sou guiado segundo a tua vontade.
Segundo consta,
sou segundo o que você quer.

Quando quer,
segundo teu querer,
em segundos me apresento.
Quando não quer,
me é difícil perceber,
que em segundos devo sumir.

Segundo. Tempo.
Segundo. Posição.
Segundo. Vontade.